“Beleza é bem-estar, não se trata necessariamente de estética”, Natalie, 56 anos

NATALIE SCHUES, 56 anos, esteticista e coordenadora de produtos

Qual o significado de beleza?
Beleza, para mim, é bem-estar. É quando alguém está em harmonia consigo mesma e com o ambiente entorno. Não se trata, necessariamente, de estética.

 

Você se sente mais bonita ou mais confiante quando está maquiada? Por quê?
A maquiagem me dá segurança. Assim como o índio, que por meio da pintura acredita incorporar algo que o torna mais forte para ir à luta, eu escolho minha roupa e me maquio antes de sair de casa. Maquiada eu me sinto mais bonita. A maquiagem me ajuda a incorporar um personagem e a assumir minha identidade para enfrentar as pequenas batalhas diárias.

 

Acha que maquiagem e estilo se complementam? Por quê?
Sim. A maquiagem, para mim, é um ritual. E é o complemento da vestimenta. As duas coisas, juntas, me ajudam a criar um personagem, como disse acima.

 

Você segue ou já tentou seguir tendências de beleza e de estilo?
A gente se inspira muito no que vê em revistas, sites e outros meios de comunicação. Isso é importante até para a gente melhorar a aparência. Quando era jovem, usava batom vermelho, mas não aplicava nada na pele. Essa era a minha maquiagem. Não sei se tinha a ver com o momento, uma época que a gente buscava algo mais natural. Seja como for, hoje, eu não me sinto bem se não aplicar algum produto na pele, porque tenho manchinhas e acho que fico melhor com a pele mais uniformizada. Mesmo assim, uso corretivo e base leves, porque não gosto de nada que me cubra demais: quero ser eu. E é claro que continuo a me inspirar nas ideias que surgem e que vejo na rua e na mídia. A diferença é que em vez de seguir tudo exatamente como aparece por aí, eu escolho o que fica bem para mim ou adapto para que combine comigo. Um exemplo é o batom nude, que está na moda. Acho lindo, mas não vai comigo. Então jamais vai me ver com esse tom de batom.

 

Complete a frase: Maquiagem é….iluminar

Quais os produtos que costuma usar antes de sair de casa?
Como eu produzo a marca Jacques Janine Facial, é claro que trato minha pele com esses produtos. Mas para maquiar, uso base, blush, batom e lápis de sobrancelha.

 

Tem algum segredinho de maquiagem?
Não gosto de carregar a pele. Como disse, prefiro uma base mais transparente, com aspecto natural. Então, uma dica é diluir a base com sérum para torná-la mais fluida.

 

Se precisasse escolher apenas três produtos de maquiagem, quais você escolheria? Por quê?
Base, blush e batom: esses são os meu pilares. A base eu uso para dar uniformidade à pele. O blush, para ficar com ar saudável. E o batom é para realçar a cor da boca. Eu não uso aquele vermelhão, prefiro um vermelho perto do tom natural dos meus lábios, apenas para marcar a boca, sem que ela chame muito a atenção.

Foto: Bruno Bralfperr

Compartilhe:

Esse conteúdo também pode te interessar

Sobre a Chloé

Trabalho como make-up artist há 12 anos e também sou consultora de imagem. Atualmente, sou Diretora Artística da rede de salões de beleza Jacques Janine e dou cursos de maquiagem na Escola Madre. E decidi criar este site e minhas redes sociais para compartilhar tendências de make-up e técnicas de maquiagem (que aprendi e continuo aprendendo) para valorizar os diferentes estilos de beleza de cada mulher.

fb.com/ChloeGayaOficial